Comércio Justo e Solidário

O Comércio Justo e Solidário (CJS) é o fluxo comercial diferenciado, baseado no cumprimento de critérios de justiça e solidariedade nas relações comerciais que resulte no protagonismo dos Empreendimentos Econômicos Solidários (EES) por meio da participação ativa e do reconhecimento da sua autonomia.

CARACTERÍSTICAS DO COMÉRCIO JUSTO E SOLIDÁRIO

  • A existência de relações comerciais mais justas, solidárias, transparentes e duradouras;
  • A co-responsabilidade nas relações comerciais entre os diversos participantes na produção, comercialização e consumo;
  • A valorização nas relações comerciais, da diversidade étnica, cultural, social e do conhecimento tradicionais das comunidades e pessoas envolvidas.
  • Transparência nas relações comerciais, na composição dos preços praticados e na elaboração dos produtos, garantindo acesso a informação acerca dos produtos, processos, organizações e que participam do CJS.

OBJETIVOS DO COMÉRCIO JUSTO E SOLIDÁRIO

  • Promover o desenvolvimento sustentável, a justiça social, soberania, e a segurança alimentar e nutricional;
  • Garantir os direitos dos (das) Produtores (ras) e consumidores (ras) nas relações comerciais;
  • Fortalecer a Cooperação entre produtores, comerciantes, consumidores e suas respectivas organizações para aumentar um viabilidade, riscos e reduzindo dependências econômicas;
  • Promover uma autogestão; equidade de gênero, étnica e de gerações;
  • Garantir a remuneração justa do trabalho,
  • A valorização e a preservação do meio ambiente, com ênfase na produção agroecológica de produtos de base e das atividades do extrativismo sustentável

Mais informações na página do Faces do Brasil

Conheça também o Sistema Nacional de Comércio Justo e Solidário (SNCJS)

Cartilha e Vídeo do SNCJS

O que são os Empreendimentos Econômicos Solidários (EES)?

São organizações com as seguintes características: 1) Coletivas (organizações suprafamiliares, singulares e complexas, tais como associações, cooperativas, empresas autogestionárias, clubes de trocas, redes, grupos produtivos, etc.); 2) Seus participantes ou sócias/os são trabalhadoras/es dos meios urbano e/ou rural que exercem coletivamente a gestão das atividades, assim como a alocação dos resultados; 3) São organizações permanentes, incluindo os empreendimentos que estão em funcionamento e as que estão em processo de implantação, com o grupo de participantes constituído e as atividades econômicas definidas; 4) Podem ter ou não um registro legal, prevalecendo a existência real; 5) Realizam atividades econômicas que podem ser de produção de bens, prestação de serviços, de crédito (ou seja, de finanças solidárias), de comercialização e de consumo solidário;

Mais informações sobre Economia Solidária na página do Fórum Brasileiro de ECOSOL

Uma resposta para Comércio Justo e Solidário

  1. Pingback: Loja venha construir conosco « O Bar Saci

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s