Casa do Saci é indicado para o II Prêmio “CARRANO” de Luta Antimanicomial e Direitos Humanos

O Prêmio – Para que a sua voz não se cale e seu nome continue vivo no Movimento de Luta Antimanicomial, criamos em 2009, o Prêmio CARRANO de Luta Antimanicomial e Direitos Humanos. O Prêmio tem como o objetivo dar continuidade a sua luta por uma mudança nas condições de tratamento de pessoas em sofrimento mental,  fazendo valer a Lei nº 10.216/2001 da reforma Psiquiátrica no Brasil, da qual foi um dos defensores e críticos. O prêmio será entregue anualmente a pessoas de ações e atitudes importantes nestas áreas, mas principalmente, denunciar quaisquer violações dos Direitos Humanos, especialmente no que se refere a pessoas nas condições de sofrimento mental. Fizemos em 2009, na Semana do Dia Nacional de Luta Antimanicomial, o lançamento do Prêmio, com uma entrega simbólica a Carlos Eduardo Ferreira, mas conhecido como Maicon, usuário e militante da Luta, que esteve em vários momentos ao lado de Carrano, também foi entregue um prêmio a família de Carrano.

A criação do prêmio foi uma iniciativa de alguns amigos de Carrano: Edson Lima coordenador do projeto O Autor na  Praça, Erton Moraes escritor, compositor e músico do Movimento TrokaosLixo, Lobão integrante do Movimento 1daSul e Sarau do Cooperifa, Adriano “Mogli” Vieira da AEUSP – Associação dos Educadores da USP, Paloma Kliss escritora e contamos com o apoio do Movimento Nacional e Fórum Paulista de Luta Antimanicomial, Conselho Regional de Psicologia de São Paulo e militantes do movimento. A entrega do II Prêmio Carrano será na semana do dia nacional de Luta Antimanicomial, dia 15 de maio (data de nascimento de Carrano, em 1957). Neste ano criamos o coletivo Gato Seco – Nos telhados da Loucura, que tem o papel da organização do Prêmio. O coletivo é formado pelo projeto O Autor na Praça,  Movimento Trokaoslixo, Literatura Nômade, grupo Encontro de Utopias, Lobão, agitador e grande amigo de Carrano, a escritora e produtora Paloma Kliss, a psicóloga Patrícia Villas-Bôas, a poeta Tula Pilar, o músico e compositor Léo Dumont outros amigos de Carrano. Trata-se de um grupo aberto e convidamos a pessoas e instituições que quiserem participar e colaborar com esta iniciativa.

Além da entrega do prêmio haverá uma tarde poética sobre a Literatura e Loucura, organizada pelo grupo Encontro de Utopias. Também acontece performance com o coreógrafo Marcos Abranches e apresentações musicais com a participação da Banda Mokó de Sukata, do músico e compositor Léo Dumont e outros convidados. O cartunista Junior Lopes participa do evento realizando caricaturas. Estarão disponíveis os dois últimos livros lançados por Carrano com seus textos de teatro: “Canto dos Malditos” e “O Sapatão e a Travesti”. Outras informações sobre Carrano aqui.

 Para o II Prêmio Carrano foram indicadas 13 pessoas e instituições:

Casa do Saci (Espaço criado e administrado por trabalhadores e trabalhadoras, usuários e técnicos da saúde mental, organizados na Associação Vida em Ação. Saiba mais)

Senador Eduardo Suplicy

Grife Dasdoida (criada pela psiquiatra Julia Catunda, Márcia Pompemayer e usuários do CAPS Itapeva)

Grupo Tortura Nunca Mais

Luciano Santos, advogado e integrante do Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral

Magrão, amigo de Carrano

Marcelo Rubens Paiva, escritor e dramaturgo

Marcos Abranches, Coreógrafo

Paulo Amarante, Psiquiatra e escritor

Revista Ocas – Organização Civil de Ação Social (Maria Alice Vassimon)

Sebastião Nicomedes, escritor e coordenador de oficina na Casa Restaura-me de apoio a pessoas em situação de rua

Toninho Rodrigues, diretor e ator de teatro

Xico Sá, jornalista e escritor.

Na ocasião também serão homenageadas 13 personalidades que, de alguma forma, muito contribuiram para Luta Antimanicomial e Direitos Humanos:

Antonin Artaud

Arthur Bispo do Rosário

João Cândido, o Mestre sala dos mares

Itamar Assumção, músico e compositor

Lima Barreto, escritor

Machado de Assis, escritor

Maria Conceição Aciolly (Ceça), Atriz e Bonequeira

Nise da Silveira, Psicóloga

Nivaldo Santana (ator e artista plástico)

Paulo Leminski, escritor

Plínio Marcos, dramaturgo

Roberto Freire, escritor e criador da Somaterapia

Sérgio Sampaio, Músico e compositor

Entrega do II Prêmio Carrano de Luta Animanicomial e Direitos Humanos

Data: dia 15 de maio de 2010, a partir das 14h

Local: Espaço Plínio Marcos (Tenda na Feira de Artes da Praça Benendito Calixto, Pinheiros)

Realização: coletivo Gato Seco – Nos telhados da Loucura

Apoio: Fórum Paulista de Luta Antimanicomial, Movimento Nacional de Luta Antimanicomial, CRP-SP, Grupo Tortura Nunca Mais, AEUSP – Associação dos Educadores da USP, Igreja Invisível, CRP-SP Conselho Regional de Psicologia de São Paulo e outras entidades e instituições ligadas ao tema.

Vejam depoimentos do Carrano:

http://www.youtube.com/watch?v=bElqEmQhpBU – sobre cultura e direitos autorais

http://www.youtube.com/watch?v=22Ai29O1qIo&feature=related – Neste depoimento do Carano faz a leitura de seu poema “Sequelas… e… Sequelas” de abertura do livro “Canto dos Malditos”, que originou o filme “Bicho de sete cabeças”. 

Anúncios

Sobre barsaci

Empreendimento Econômico Solidário localizado R. Vanderlei, 720 - Perdizes/SP. Café Bar Loja Organização de Festas, Eventos, Coffe-Break e Coquetéis
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s